quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Estou perdida

Estou perdida
August 23, 2016
|
Ariadne Zippin

Estou recebendo mais convites nas redes sociais do que normalmente recebo, tenho sido convidada para jantares quase todos os dias da semana. Qual o motivo? Meu Voto!

Não gosto de escrever sobre política, embora ela faça parte de nossas vidas, respeito o voto de cada um e suas escolhas, então poucas vezes discuto isso por meio de redes sociais. Alguns vão falar que eu devo me envolver mais, outros que não vale a pena, enfim, cada um sabe como agir e essa é a minha forma.

O que me fez escrever a respeito? Tive algumas grandes decepções com políticos paranaenses, um amigo do peito, idealista, batalhador, se jogou nas redes do governo e dormiu em berço esplêndido nem me reconhecendo mais nas ruas. Medo de que eu pedisse alguma coisa? Não sei mas fiquei com medo, penso que o cérebro de pessoas do bem, podem estar sendo reprogramado e quase totalmente adulterado, fazendo com que esqueçam de todos e de tudo e só enxerguem a vil metal.

Outros, sim, no plural, chegam de mansinho, como amigos, como papo mole de quero te conhecer e saber de suas ideias, gostaria de ouvir o que tem a dizer. Quando digo que pretendo ouvir dele antes, sou deletada e nossa amizade “eterna” se esvai.

Ah! Tem também aquela amiga do colégio, que você não vê desde o primeiro grau e aparece cheia de saudades. Te convida para jantar, no comitê é claro! Por que em todos estes anos ela não me convidou pra jantar na casa dela, em um barzinho, no boteco, no banco da praça? Aparece agora, como papo de que o tempo não passou! Passou sim! E aliás, você colava da minha prova.....ética ZERO!

Aparecem também os tementes a Deus, aqueles que usam as palavras do senhor em nome de uma vaga de vereador, sendo que até um ano atrás estava na umbanda e fazendo festa na casa do pai de santo. Não estou falando sobre religião, respeito a todas, mas não acho justo trocar de time só por que a torcida é maior!

Ai aparece o “vizim”, uma amigo dizendo que está ajudando um vizinho gente boa e que quer meu voto. Quem é o vizinho? Não quero saber onde mora, quero saber quem é? Suas escolhas, pensamentos, ideais, ética, propostas. Hummmm!  Propostas eu não sei, segundo meu amigo, a campanha está super sem dinheiro mas posso ver com ele se ajuda no seu combustível......WHATTTTTTTTT?????????????????????????? Quero que seu vizim, chegue perto de mim!!!!!!

Temos também as pessoas que amam animais. Eu amo animais! Cuido dos meus e dos demais, ajudo quando posso e isso desde pequena, aliás em fotos antiquíssimas de família, aquela pretas e brancas com marcas de bolor, sempre tem alguém agarrada em um animalzinho, seja gato, cachorro, cobra, coelho, enfim, o amor aos animais nasceram comigo. Desta forma vamos dar chance para a “nova melhor amiga” até o dia das eleições. O que? Ah, ela tem aviário? Cria canário? Quer liberar ou proibir justamente aquilo que a beneficia, huuummmm, mais uma deletada.

Ex político. Deletado! Mas ele era bonzinho. De gente boazinha o inferno está cheio. DELETADO!

Sou de extrema......DELETADO!

SOU, SOU, SOU, SOU!!!!!! No meu mais grandioso sonho egoico, não penso em ser 1 milésimo do que eles já acham que são. Imagine se forem eleitos!

Estou perdida. Tenho meu voto. É um só, eu sei, mas é meu. Devo honrá-lo. Não vou sortear, não vou leiloar, não vou doar e não vou estragar. Isto está definido.

Então por que estou perdida? Pois esse simples voto, não tem destino. Ainda não encontrou quem o mereça, ainda não encontrou quem o use em prol do bem maior.

Estou perdida, por não saber se até as próximas eleições eu terei alguém que realmente eu possa dar meu voto e sentir que fiz a coisa certa.

Posso garantir que só me senti pedida, quando me encontrei!

P.S: Queridos pretensos políticos poupem meu trabalho, se quiser tentar me engambelar, nem me adicione, assim não perco tempo te excluindo! Tenho dito!


2 comentários:

  1. É o que penso.Pensei também em votar em um candidato conhecido.Descobri rapidinho que é coligado àquele que bateu nos professores! Tô fora!

    ResponderExcluir
  2. É o que penso.Pensei também em votar em um candidato conhecido.Descobri rapidinho que é coligado àquele que bateu nos professores! Tô fora!

    ResponderExcluir

Soturnamente pensei

Soturnamente pensei Pensei, logo não existo Somos pequenos demais O que dizer? Sonhei, sonhei? Tive pesadelos Acordei Quando ...