sábado, 19 de dezembro de 2015

Curitiba dos meus ais...

Curitiba dos meus ais...
Das ruas esfumaçadas,
Das verdes ruas encantadas
Que sempre se quer ver mais.

Curitiba da cultura
Das casas antigas e umbrais
Tão cheias de lembranças
Histórias e ancestrais

Cidade da dor da saudade
Daqueles que de outra cidade
Trazem guardada a lembrança
E te adotaram com esperança
Em busca de nova verdade.

Cidade das ruas binômias
Que fazem perder qualquer um
Do centro cheio de sons
E bairros de calmaria
Quando por ti ando e vejo
Seguro forte os segredos
Que adquiri por aqui.

És centro do que não é centro
Capital do meio do caminho
Onde ando sozinho
Pensando longe e aqui

Cidade dos meus pequenos
Onde lutei e vivi
Cidade de alguns amores
Que aqui esqueci.

Curitiba dos meus ais...
E da minha pura alegria
Cidade tão quente e fria
Eu não te esqueço, jamais...

........................

Curitiba, 17/12/15


Alberto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentário do jurista Luiz Vitório Tavarnaro sobre " O Direito e a Maiêutica"

Enviado:  terça-feira, 21 de novembro de 2017 14:07:17 Para:   celsomacedo.portugal@hotmail. com Assunto: MAIÊUTICA - O autor, CELSO...