domingo, 27 de setembro de 2015

Dalton Trevisan

D iante de um recolhimento profundo
A ssume uma timidez real do passado
L uzente nos contos escritos ao mundo
T revisan se omite ao ser festejado
O sol diz e se esconde  nesses segundos
N atural que " Dalton" deva ser lembrado!..

Celso de Macedo Portugal


Nenhum comentário:

Postar um comentário

SANGRA AMOR MEU CORAÇÃO

SANGRA AMOR MEU CORAÇÃO (por Brasil Andrade Holsbach) Por detrás da noite escura brilha minh’ amada estrela (dentre todas a mais bela) que m...